Playground em condomínios: Normas de Segurança

Playground em condomínios: Normas de Segurança

Se você mora em condomínio e sua família ou mesmo o seu vizinho tem filhos pequenos, podemos dizer que a área comum desse condomínio que é mais utilizada é sem dúvidas o Playground. 

Brinquedos para playground em condomínios é, comumente, a área favorita da criançada e também um dos principais motivos que levam os pais a buscar esse tipo de coabitação, aliado a outros como a segurança. 

No entanto, é de grande importância que essa área seja bem cuidada e tenha sua manutenção feita em dias, conforme aquilo que foi disciplinado nas normas técnicas, evitando assim que algum problema venha ocorrer.

É interessante que essas normas são disciplinadas, inclusive, pelo Código Civil, que em seu texto, determina ao síndico os cuidados de prevenção e manutenção de todas as áreas comuns, inclusive o playground em condomínios. 

Portanto, se acontecer algum acidente naquele ambiente, a responsabilidade pode recair sobre aquele que tinha o dever legal de manter os cuidados, ou seja, o síndico, a depender da situação. 

Para aprofundarmos um pouco mais sobre esse assunto, decidimos criar esse texto, de modo a trazer as normas de segurança e mais algumas informações acerca do tema, portanto, se você tem interesse em ficar por dentro, continue conosco nessa leitura.

Playground em condomínios

Por que é tão importante que todos sigam as normas de segurança daquele playground?

Conforme mencionado no início do artigo, as crianças devem ter mais cuidado ao brincar no parquinho, pois na infância as crianças não têm medo de se machucar ao brincar. 

Portanto, as medidas preventivas dependem do adulto ou responsável, bem como do síndico, que tem o dever legal de cuidar do playground em condomínios, mantendo a manutenção em dias e evitando os imprevistos que podem surgir.

No que diz respeito ao apartamento, o parque infantil é um dos espaços de lazer mais utilizados pelas crianças, afinal, estas dispõem de alguns brinquedos para o entretenimento. 

Por ser uma área de espaço público entre moradores, o playground do apartamento deve obedecer a todas as normas de segurança para evitar acidentes graves com crianças e até mesmo conflitos entre proprietários.

As normas de segurança dos parques infantis dos apartamentos visam evitar negligências na instalação e manutenção dos produtos e na qualidade dos equipamentos entregues. 

É preciso enfatizar que essas regras devem ser discutidas entre os moradores em reuniões de apartamento para que medidas sejam tomadas, se necessário.

Sobre as normas de segurança dos condomínios

Para garantir que as crianças brinquem e aproveitem toda a diversão com segurança e, o mais importante, para estabelecer um bom relacionamento entre os residentes, os parques infantis dos apartamentos devem cumprir todas as regras de segurança constantes no código de normas que falaremos mais abaixo. 

Afinal, quando cuidamos de crianças, devemos cuidar delas duas vezes.

Ao instalar e manter os equipamentos naquele local, as regras de segurança do parque infantil do apartamento devem ser seguidas. 

Portanto, o síndico (responsável pela administração do apartamento) precisa garantir que as regras sejam seguidas ao solicitar a instalação, com o intuito principalmente de garantir a saúde das crianças enquanto brincam no parquinho.

Em 2018, a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq) trabalharam juntas para modificar as medidas de segurança para alguns parques infantis de apartamentos, resultando na NBR 16.071. 

Com isso, tornou-se um parâmetro que deve ser seguido por todos os condomínios, de modo a garantir, através das ações descritas nessa norma, que a probabilidade de ocorrer um incidente seja reduzida ao mínimo patamar possível.

Normas de segurança que devem ser aplicadas no PlayGround

A seguir, separamos algumas normas de segurança que devem ser aplicadas no playground em condomínios, onde a sua correta implantação poderá ser extremamente eficaz na hora de reduzir os riscos de incidentes envolvendo as crianças e os aparelhos que estão instalados nesse playground.

Manutenção preventiva

Uma das primeiras normas adotadas pela NBR 16.071 foi a aplicação da manutenção no playground do condomínio, realizando periodicamente essas manutenções. 

Isso porque, quando adotamos uma certa periodicidade na hora de realizar essa manutenção, há uma garantia maior de proteção dos pequenos que frequentam o playground, além do mais, essa prática pode garantir uma longevidade maior daqueles brinquedos, evitando, dessa forma, os gastos com novos equipamentos.

Para que isso ocorra, podemos dizer que existem dois tipos diferentes de manutenção: a manutenção corretiva e a preventiva. A preventiva, conforme o seu nome adianta, é uma manutenção voltada à prevenção de problemas naquele parque. 

Por meio dela, é feita uma verificação total de todos os equipamentos existentes, de modo a atestar qual o estado de conservação que esses brinquedos se encontram, bem como se apresentam algum tipo de ferrugem nos parafusos ou se possuem qualquer tipo de rachadura e peças soltas, entre vários outros. Esse tipo de manutenção deve ser feita a cada 6 meses.

No que tange a manutenção corretiva, temos que ela deve ser feita quando for encontrado algum tipo de problema no parque. Quando isso ocorre, o síndico deve chamar um especialista nesse tipo de manutenção para corrigir os problemas.

Playground em condomínios: Instalação de componentes adequados

Alguns outros itens de grande importância e que podem desempenhar mais proteção para todas as crianças são aqueles itens mais básicos, como, por exemplo, a utilização de grama sintética ou mesmo de piso antiderrapante nos parques. 

Além do mais, é imprescindível que todos aqueles itens e equipamentos que forem utilizados no playground do condomínio possuam um material seguro e resistente, bem como uma pintura que não seja ofensiva à saúde das crianças. 

A distância desses brinquedos deve ser de pelo menos 1,30m. 

Essa é uma definição criada pela própria ABNT para garantir maior segurança a todos os frequentadores daquele ambiente.

Playground em condomínios: Garantia da acessibilidade

Para finalizarmos a nossa lista, temos que também devem ser aplicadas ao playground, normas concernentes à acessibilidade, permitindo que toda e qualquer pessoa possa utilizar essas áreas comuns, inclusive aquelas portadoras de necessidades especiais. 

Dessa forma, é dever do síndico e do condomínio, a implementação de meios que facilitem esse acesso.